LGPD no Grupo Medicicor: Buscando Garantir a Segurança de Dados da Empresa

Atualizado: 6 de out. de 2021



A adequação das empresas à Lei Geral de Proteção de Dados-LGPD ainda deve passar por mudanças, mas profissionais e diretores dessas instituições devem estar atentos para adequar seus processos e culturas internas de forma a garantir a segurança de dados de seus clientes.

Para estar preparado, é importante familiarizar-se com estas alterações e contactar desde já especialistas da área de TI e serviços que atendam essas exigências. Isso porque as novas regras para segurança de informações de clientes preveem penalidades severas para empresas que não cumprirem as normas, com multas que podem chegar a valores exorbitantes.

A lei fecha o cerco contra o compartilhamento de informações de clientes sem consentimento. Diante desse novo panorama, o Grupo Medicicor contratou a consultoria de Lucas Galvão, CEO & Fundador da Mission Command, Especialista em Tecnologia, Cibersegurança e Inovação. Inicialmente o consultor elaborou planos de ação e acompanhamento das ações emergenciais de adequação à LGPD das empresas do Grupo Medicicor.

Na definição de Lucas Galvão, “o pontapé inicial para a etapa de organização é entender e definir, de forma detalhada, todos os processos da área de tecnologia e segurança cibernética. O segundo pilar refere-se à assimilação dos resultados conquistados após a conclusão da etapa de organização e na etapa de otimização, iremos aprofundar nos processos da empresa com foco em melhoria e ganho de desempenho”, resumiu.

Segundo o CEO da Mission Command a lei também tem por objetivo aumentar a segurança de informações confidenciais. Por isso, trata com mais rigor os dados dos sistemas da própria instituição visando para proteger as informações sensíveis dos clientes, colaboradores e partes relacionadas.

“Treine sua equipe para aplicar a segurança de dados: é necessário criar uma política de proteção para sua empresa com todos os processos e cuidados que devem ser tomados em relação ao tratamento de dados e os meios de comunicação. Considere a criação de controles por meio da adoção de tecnologias, ações de conscientização, treinamento de usuários (sejam funcionários, prestadores de serviço, parceiros de negócios e até mesmo clientes). Não podemos exigir a segurança de dados dentro de uma empresa se não treinamos os colaboradores e trazemos a importância desse processo para a cultura da companhia. É necessário fazer treinamentos que contemplem os principais processos dentro da LGPD, para que todos despertem consciência sobre o uso adequado de sistemas corporativos através de suas credenciais e meios de comunicação seguros e também fiscalizar e monitorar constantemente os dados e informações presentes na empresa”, indica Lucas.

No próximo dia 17/06 será iniciada uma série de treinamentos on-line visando esclarecer dúvidas, definir papéis e preparar os colaboradores do Grupo Medicicor para este momento de transição.

12 visualizações0 comentário