Cursos “Hands On” em Eventos de Urologia Abordam o Uso de Telas Especiais

Atualizado: 6 de out. de 2021


A Medicicor foi uma das empresas patrocinadoras da IX Jornada Baiana de Urologia e do IV Simpósio de Uro-Oncologia da Bahia, eventos que aconteceram em paralelo nos dias 30 e 31 de julho, em formato híbrido, no Fiesta Bahia Hotel. O encontro reuniu temas de amplo interesse científico que foram transmitidos virtualmente e apresentados em formato de mesas redondas e discussões de casos clínicos. Os debates, mediados por renomados especialistas do Brasil, Estados Unidos, Canadá e Argentina, foram promovidos pela Sociedade Brasileira de Urologia - Seção Bahia (SBU BA), com apoio da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica - Regional Bahia (SBOC-BA), Associação Bahiana de Medicina (ABM) e Grupo de Uro-Oncologia da Bahia.


Entre os temas que foram abordados nos eventos destacam-se: disfunção erétil e distúrbio do envelhecimento androgênico masculino; hiperplasia benigna da próstata; endourologia; infertilidade; transplante renal; uro-oncologia; uroginecologia e uropediatria.


Segundo o urologista André Costa Matos, o formato do evento permitiu a conexão com palestrantes e participantes remotos, além de facilitar a interação desses com os que participaram presencialmente. “Dessa forma, mantemos a intenção de oferecer uma educação continuada, com aprimoramento científico e aprendizado, respeitando as orientações e protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades de saúde”, destacou.


A programação do encontro foi voltada não só para especialistas da área, mas também para fellows, residentes e estudantes de urologia. Tão esperados quanto a Jornada e o Simpósio foram os cursos “hands on” pré-jornada, agendados para o dia 29 de julho, em alguns hospitais da capital.

Destaque para dois cursos realizados no turno da tarde, no Hospital Santa Izabel, de correção de prolapsos vaginais, “com cirurgias realizadas ao vivo, com uso de métodos avançados, técnicas mais simples e de baixo custo, com excelentes resultados e mais acessível à população”, enfatizou o especialista. No caso da cirurgia de correção vaginal de prolapso estágio III/IV, realizada pelo proctor Luís Gustavo M. Toledo (SP) foi utilizada a Tela – Splentis. E na intervenção de correção abdominal videolaparoscópica de prolapso vaginal estágio III/IV, realizada pelos proctors André Costa Matos (BA) e Humberto Ferraz (BA) com o uso da Sacropromontofixação com Tela EXIA. Estes produtos da Promedon são distribuídos regionalmente pela Medicicor.



1 visualização0 comentário