Exposição do simulador de TAVI da Medtronic foi destaque no 34º Congresso de Cardiologia da Bahia

A

exposição de um simulador de implante de válvula aórtica transcateter (TAVI EvolutPro), da Medtronic, foi o principal destaque do stand do Grupo Medicicor, no 34º Congresso de Cardiologia do Estado da Bahia, realizado entre os dias 02 a 04 de junho, no Centro de Convenções de Salvador. O evento de altíssimo nível científico abordou desde temas do dia a dia dos cardiologistas até os maiores avanços científicos da especialidade no mundo.

Ao visitarem o stand do Grupo Medicicor, os congressistas tiveram a oportunidade de conhecer o dispositivo de forma mais detalhada, técnicas de implante, gerenciamento, posição e liberação das válvulas, materiais complementares, a exemplo, de fios, guias e cateteres.


Segundo Paula Soares, especialista Clínica da Medtronic em TAVI, o implante transcateter de valva aórtica foi um dos maiores avanços na Medicina Cardiovascular nas últimas décadas e por isso fez-se necessário aprimorar técnicas para planejamento e avaliação pré e pós-procedimento que buscassem melhorar os resultados. "Os simuladores são ótimas ferramentas para difundir essas técnicas realistas e até mesmo para aplicação de treinamento de intervenções cardiovasculares. O simulador TAVI fornece um manuseio realista e permite discussões clínicas fora da sala de procedimento, o que torna o ambiente, durante a utilização do método, mais tranquilo e seguro para o médico, em combinação com o feedback direto, proporciona ótima experiência. O simulador oferece vários possíveis cenários de atuação para os médicos", explicou.


A especialista ressaltou também que a Medtronic já está na 4ª geração de produção de válvulas, pois reconhece que o implante transcateter da válvula aórtica (TAVI) tornou-se uma importante ferramenta terapêutica para os pacientes com estenose aórtica grave, tendo sido utilizada inicialmente para o tratamento de pacientes de alto risco cirúrgico e hoje, já sendo a opção de tratamento para um número crescente de pacientes, inclusive com risco cirúrgico mais baixo.


O cardiologista Marcos Machado Barojas visitou o stand e elogiou as linhas apresentadas pela empresa, sem esquecer-se de "destacar a importância do encontro científico, que oportunizou uma excelente troca de experiências e conhecimentos", frisou.


O stand do Grupo Medicicor apresentou as linhas de CRHF, TAVI, Denervação Renal, Eletrofisiologia, Coronária, Cirurgia Cardíaca, e também o Colete estabilizador Torácico, pós-cirúrgico produzido pela empresa MDI.

2 visualizações0 comentário