Medicicor e Endoscopia Digestiva


A Medicicor foi uma das empresas patrocinadoras do IV Curso de Endoscopia Digestiva Avançada e do IV Curso de Enfermagem em Endoscopia Digestiva promovidos pelo Serviço de Endoscopia Digestiva e Centro de Hemorragia Digestiva (SED-CHD) Prof. Dr. Igelmar Barreto Paes, do Hospital Geral Roberto Santos. O evento ocorreu entre os dias 22 e 23 de outubro, no Wish Hotel da Bahia e teve como público alvo endoscopistas, gastroenterologistas, oncologistas, profissionais de enfermagem e estudantes de Medicina.


Os cursos tiveram como principal objetivo mostrar a importância do tratamento endoscópico nas mais diversas patologias do sistema digestório. Durante o primeiro dia da programação foram debatidos temas teóricos, através de mesas redondas, mini conferências e apresentação de vídeos. No segundo dia, ocorreu o evento paralelo da enfermagem, mostrando a sua importância nos mais diversos processos de rotina e segurança para o paciente e na realização dos exames em um serviço de endoscopia digestiva.


No terceiro e último dia, no turno da manhã, foram apresentados casos ao vivo, realizados no SED-CHD do HGRS e com imagens transmitidas para o hotel do evento.


Segundo o especialista Marcos Clarêncio, gastroenterologista e Coordenador do Serviço de Endoscopia Digestiva e Centro de Hemorragia Digestiva Prof. Igelmar Barreto Paes do Hospital Geral Roberto, “o principal objetivo dos cursos foi mostrar como diagnosticar e tratar endoscopicamente as afecções gastrointestinais. Nesta edição, em especial, destaco o curso de enfermagem endoscópica, pois existe no mercado uma carência de profissionais qualificados nesta área. É necessário esclarecer que o serviço de enfermagem na área endoscópica é essencial, pois atuam ao lado do médico e preparam o paciente, ou seja, deve existir uma estreita relação de harmonia”, explicou.


Marcos Clarêncio que também foi um dos coordenadores científicos do evento, igualmente ressaltou a realização do curso avançado para os médicos, “já que a endoscopia digestiva é hoje um procedimento minimamente invasivo que melhorou a qualidade de vida dos pacientes, e trata doenças que antes exigiam procedimentos cirúrgicos, a exemplo da retirada de um cálculo, sem falar que a maioria deles recebem alta poucas horas depois da realização do exame”, pontuou.

10 visualizações0 comentário